O Patrono

João Paulo II

O Beato Papa João Paulo II (em latim: Ioannes Paulus PP. II; em italiano: Giovanni Paolo II; em polaco: Jan Paweł II), de nome próprio Karol Józef Wojtyła, nasceu a 18 de maio de 1920 – 2 de abril de 2005. Foi o papa e líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana, Bispo de Roma e Soberano da Cidade do Vaticano desde 16 de outubro de 1978 até a sua morte. Teve o terceiro maior pontificado documentado da história; depois dos papas São Pedro, que regeu trinta e quatro anos, e Papa Pio IX, que regeu por trinta e um anos. Foi o único Papa eslavo e polaco até a sua morte, e o primeiro Papa não-italiano desde o holandês Papa Adriano VI em 1522.

João Paulo II foi aclamado como um dos líderes mundiais mais influentes do século XX. Teve um papel fundamental para o fim do comunismo na Polónia e talvez em toda a Europa, bem como significante na melhora das relações da Igreja Católica com o judaísmo, Islão, Igreja Ortodoxa, e a Comunhão Anglicana. Apesar de ter sido criticado, pelos opositores à igreja católica, pela sua oposição à contracepção e à ordenação de mulheres, bem como pelo seu apoio ao Concílio Vaticano II e pela sua reforma das missas, também foi elogiado por todo o mundo pelo seu espírito ecuménico, pela sua contribuição para a paz mundial e pelo seu papel na defesa dos direitos do Homem.

Foi claramente capaz de introduzir modernidade na Igreja, combinando os valores da liberdade, o princípio do aperfeiçoamento humano e a ideia do bem comum, sem comprometer os ideais da Igreja, nomeadamente no que concerne à não conciliação com o agnosticismo e com o relativismo secular.

Foi um dos líderes papais que mais viajaram na história, tendo visitado 129 países durante o seu pontificado. Era capaz de se exprimir em italiano, francês, alemão, inglês, espanhol, português, ucraniano, russo, servo-croata, esperanto, grego clássico e latim, além do polaco, sua língua nativa.

Como parte da sua atenção especial à vocação universal à santidade, beatificou 1340 pessoas e canonizou 483 santos, uma quantidade maior que todos os seus predecessores nos cinco séculos anteriores. 

A 2 de abril de 2005, faleceu devido a sua saúde débil e ao agravamento da doença de Parkinson. A 19 de dezembro de 2009 João Paulo II foi proclamado "Venerável" pelo seu sucessor papal, o Papa Bento XVI. Foi proclamado Beato a 1 de maio de 2011 pelo seu sucessor, o Papa Bento XVI, na Praça de São Pedro no Vaticano.